Campeonato Nacional de Motocross (Águeda) 23 outubro 2020

A festa final do Campeonato Nacional de Motocross teve lugar em Águeda, no Crossódromo Internacional do Casarão, de onde o Team Motorace / KTM / Caismotor trouxe o título da classe de 85cc.

Pela manhã voltávamos a ver Sandro Lobo como o mais rápido, com Martim Palma no 3º tempo, seguido de Rúben Ribeiro. Martim Maria não ia além do 6º registo e Guilherme Nunes era o 12º. No arranque da 1ª manga da classe não era nenhum equipamento da FIRST a sair na frente, já que Sandro Lobo era apenas 3º. No entanto, ainda na volta inaugural, o nº311 metia-se na liderança e impunha o seu ritmo, com Martim Espinho a tentar acompanhar, mas sem sucesso, perdendo terreno para o alverquense. Palma andou a pressionar o seu colega Ribeiro, tentando tirá-lo do 3º posto, só que o nº15 consolidou a posição e nem as dores num joelho, fruto de uma queda durante a semana, o fizeram baixar o ritmo. Martim Maria subiu ao top5 logo à 3ª volta, mantendo essa posição até ao final, e Guilherme foi subindo lugares aos poucos até se instalar no 11º posto, mesmo com uma luta aguerrida com o seu homónimo. Na 2ª manga era o nº 219 que se destacava na equipa, ao sair na 2ª posição. Lobo e Ribeiro seguiam-no bem de perto e, nessa volta, faziam-no descer para o 4º lugar, onde ficou até à bandeira de xadrez. As posições finais foram um espelho da 1ª manga à excepção do nº 131 que desta feita não foi além do 13º posto.

Nas finais Open víamos o regresso de Vasco Severino, a entrar no ritmo depois da lesão e na despedida do Nacional de MX, que logo no ataque ao cronómetro ficava a meio da tabela de 28 pilotos, com Kevin Mendes 2 lugares abaixo. Na 1ª manga não saíam muito bem e tiveram que fazer uma corrida de ultrapassagens. Kevin chegou a passar em 12º lugar para terminar em 14º, enquanto Vasco se foi aproximando para fechar a corrida na posição seguinte. À última vez que a grelha de partida caíu, Severino caía também com Igor Amorim na curva do Holeshot. O esforço seria agora ainda maior e o nº 256 deu o seu melhor repetindo a posição anterior, assim como Mendes que voltou a ficar na sua frente.

                Fechando as contas no Motocross, a nível Nacional, a “equipa dos manos” consegue meter quatro dos seus cinco pilotos no Top5 da classe antigamente designada por Iniciados, levando o título das 85cc através de Sandro Lobo. Este fim de semana estará representada novamente em La Bañeza pelo mais recente Campeão Nacional de 85cc, que irá lutar pelos lugares cimeiros em mais uma prova do Campeonato de Espanha de Motocross.

Texto: The Speaker

Fotos: FMP (Luis Duarte)

@ 26-10-2020 10:01:20


Mais